segunda-feira, 21 de julho de 2014

Estarei na Semana do Livro Nacional!

Já é no próximo sábado e eu estarei participando para falar sobre o meu livro "Confusões e Indecisões de uma Adolescente"! Conto com a presença e divulgação de todos vocês!! Beijos! ‪#‎CarolineRocha‬ ‪#‎ConfusoesEIndecisoesDeUmaAdolescente‬ ‪#‎literatura‬ ‪#‎SLN‬ ‪#‎EuLeioBrasil‬ ‪#‎livrariacultura‬ ‪#‎cultura‬

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Novo blog!

Olá, pessoal!

Este post é para avisar que vou desativar esse blog para começar a usar um novo que já foi criado! O novo se chama Meu, seu nosso blog literário e está presente em várias redes sociais: twitter, pinterest, flickr e instagram! Espero ver todos vocês lá, e conto com a divulgação de vocês para que o nosso número continue crescendo!! É claro que também precisarei MUITO da participação de todos vocês!!! Quero muitos comentários, opiniões, sugestões, enfim, quero BASTANTE conversa!! Vamos para lá então?!

http://meuseunossoblogliterario.blogspot.com.br/

P.S. Por enquanto vou postando as coisas aqui também para quem ainda não souber da mudança do blog!
Beijos!

terça-feira, 24 de junho de 2014

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Junho!

Chegou o mês de Junho! Para você o ano está correndo ou está passando devagar?
Aguardo a opinião de vocês!

Beijos!

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Mais uma crítica!

Encontrei mais uma crítica sobre o meu livro na internet! Fiquei muito feliz e satisfeita  com os comentários da blogueira Andressa Menezes no Blog Livros e Chocolate Quente! Espero que vocês leiam e gostem desta crítica! Aproveito para agradecer pelo carinho e pelas palavras da Andressa!

http://www.dihitt.com/barra/resenha--confusoes-e-indecisoes-de-uma-adolescente

A foto abaixo foi tirada na minha Noite de Autógrafos na Livraria da Travessa! Que tal comprar um livro depois de ler esta resenha?!

Beijos!


segunda-feira, 26 de maio de 2014

Modo de agir

Aja sempre como você deve agir. Tente não pensar em como agem os que estão a sua volta. Se você sempre olhar para o lado enquanto estiver fazendo o certo, vai ver tantos erros que o desânimo e a frustração só irão aumentar!

quarta-feira, 21 de maio de 2014

21 de maio

Parabéns a todos que ainda prezam a importância da Língua Portuguesa e, também, a todos que estudaram na Faculdade de Letras! Nosso Dia tinha que ser junto com o Dia da nossa Língua, não é?!

#ConfusõesEIndecisõesDeUmaAdolescente #CarolNoSemCensura #CarolNoEncontro #semcensura #encontro #livro #letras #professor #português #línguaportuguesa #blog #fanpage #escritora#CarolineRocha

sábado, 17 de maio de 2014

Mais uma resenha do meu livro!

Confiram mais uma resenha do meu livro no blog "Minha Velha Estante".

"Livro leve, doce, delicado, gostoso mesmo de ler, leitura que flui sem nós. Vale à pena ser lido naqueles dias que você quer se divertir.

Parabéns a autora Carolina Rocha, parabéns Matrix."

Segue link com a resenha completa:
http://minhavelhaestante1.blogspot.com.br/2013/11/resenha-da-drica-confusoes-e-indecisoes.html

Agradeço a blogueira Adriana Medeiros pela resenha e por ter dado uma chance ao meu livro.

Beijos!

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Racional ou Emotivo: O que é melhor?

Ando pensando muito sobre o que melhor para a nossa vida e o nosso futuro: ser racional ou ser emocional?

Vejo tantas pessoas com quem eu convivi em alguma fase da minha vida seguindo rumos tão diferentes umas das outras que me pergunto o que seria de mim hoje e do meu futuro se eu tivesse tomado as mesmas decisões.

Tenho desejos que me fazem querer pensar apenas emocionalmente e, dessa forma, realizar todos na mesma hora, sem querer pensar nas consequências que eu teria no futuro. E, o que pesa mais, é que vejo que eu tenho mais condições de suportar essas escolhas do que as pessoas que seguiram por esse rumo.

Só que a razão tenta tomar conta da minha cabeça me deixando com medo de que tudo, no final, possa dar errado. Hoje eu tenho mais condições do que essas pessoas, mas será que, daqui a um tempo, eu continuarei tendo essa mesma condição (ou talvez uma condição até melhor) que me permita seguir bem no caminho que escolhi? E se a resposta é "Não!" ou "Não sei!" fica mais difícil ainda decidir, pois algumas decisões não têm volta e outras envolvem mais pessoas do que apenas você, e, se já é difícil controlar a vida de uma pessoa só, imagina depois você perder o controle da sua vida e de mais todos os outros envolvidos?!

Que dúvida cruel!!!!!!!

Tantas coisas que o meu coração quer muito AGORA, tantas coisas que a minha cabeça pede para adiar para um FUTURO nem sempre definido.

São tantas coisas que eu quero, são tantas coisas que eu tenho dúvida, são tantas coisas que eu espero, enfim, são tantas coisas... que eu vou vivendo a vida!!

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Nova Crítica

Acabei de encontrar na internet mais uma resenha sobre o meu livro!! Muito obrigada, Fernanda, por suas palavras e principalmente, por ter lido o meu livro e ter feito uma resenha sobre ele no seu blog!!

Estou dividindo com vocês o link da resenha feita por Fernanda Camilo no blog dela! Espero que sintam vontade de lê-lo!

http://www.segredosemlivros.com/2013/11/resenha-confusoes-e-indecisoes-de-uma.html

Beijos!

#CarolNoSemCensura

#ConfusõesEIndecisõesDeUmaAdolescente

#SemCensura

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Uma verdade

#CarolNoSemCensura

#ConfusõesEIndecisõesDeUmaAdolescente

#SemCensura

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Feliz Páscoa!

Hoje farei um post mais rápido para que todos leiam!! rs

Quero desejar a todos uma ótima Páscoa e relembrar o sentido dessa data comemorativa. É claro que todos nós amamos o feriado prolongado e os vários chocolates que ganhamos, mas não podemos esquecer que este é um momento para refletirmos um pouco em como anda a nossa vida... Muitas pessoas adoram fazer resoluções de Ano Novo. Por que não aproveitar esse tempo, nem que seja rapidinho antes de dormir, para avaliar se está trilhando o caminho em busca das resoluções que fez há 4 meses atrás? E quem não tem o hábito de fazer essas resoluções, por que não aproveitar para avaliar se é feliz vivendo do jeito que tem vivido?

Sempre reclamamos que não temos tempo para nos preocuparmos conosco, então vamos aproveitar essa oportunidade! Vamos deixar que o verdadeiro espírito da Páscoa nos ajude a pensar melhor na nossa vida e esclarecer alguns pontos que nos parecem confusos no dia-a-dia.

Uma ótima Páscoa a todos! Ahh, e para quem não puder ganhar chocolate, que tal dar o meu livro de presente?! Aposto que vão adorar a leitura!! ; ) #ConfusõesEIndecisõesDeUmaAdolescente!

Beijos!

#CarolNoSemCensura

terça-feira, 15 de abril de 2014

Campanha no Sem Censura!!

Boa noite, pessoal!!

Hoje estou passando aqui para pedir uma grande ajuda a vocês!!! Estou fazendo uma campanha para tentar ir ao programa Sem Censura da TV Brasil, e, para isso, preciso que o máximo de pessoas que queiram me ver lá divulgando o livro Confusões e Indecisões de uma Adolescente COMPARTILHEM E DIVULGUEM a hashtag: #CarolNoSemCensura

Espero que, com um grande número de compartilhamentos eu consiga ter essa oportunidade de levar a mais pessoas a existência do meu livro!!!

Conto com a ajuda de vocês!!!!!! =)

Beijos!

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Minha opinião

Não estou aqui para criticar ninguém, mas como escritora e professora, me sinto no direito e no dever de expor o meu pensamento crítico para mostrar como algumas coisas (a maioria, infelizmente) têm os valores totalmente invertidos.

A cada dia que passa, um dos assuntos que mais crescem é a Copa. Tem os que falam bem e os que falam mal, os que defendem a realização dos jogos no Brasil e os que são contra. Eu não vou me ater muito a isso, pois não quero julgar ninguém, mas alguns detalhes a respeito da Copa deveriam ser revistos...

Um comercial de televisão de um produto (não se faz necessário dizer o nome) comenta que os brasileiros não devem ficar apenas "fazendo promessas" mas sim "fazer algo pelo seu time". E ainda termina dizendo que eles usarão esses vídeos para "mostrar aos jogadores e motivá-los a fazer o melhor futebol". Sinceramente, tem como NÃO se revoltar com isso?!

Sou escritora, e quando tive o meu primeiro livro publicado muitos me disseram que era legal, mas para eu não largar o meu emprego, pois no Brasil não há muitos leitores, então dificilmente (não estou dizendo que é impossível) eu ficaria milionária apenas vendendo livros.

Sou professora, e passo perrengue todos os dias que dou aula! Vejo todos os dias alunos desinteressados (não é porque agora tenho alunos ótimos que vou fechar meus olhos para a grande realidade e fingir que a educação está melhor), alunos que, a cada dia, desrespeitam mais os professores e menos se importam com o futuro que terão pela frente, alunos que se sentem desmotivados pela forma como a educação anda, alunos que cada vez mais são ensinados a não pensar, pois isso pode causar problema lá na frente... E a situação dos professores não é melhor! Se a probabilidade de eu ficar milionária sendo escritora no Brasil é pouca, imagina sendo professora?! O salário é baixo, as condições que encontramos nas salas de aula pioram a cada ano, o importante passou a ser os bons resultados e não o resultado REAL do aluno, aquilo que ele realmente aprendeu, o apoio que temos de toda a comunidade envolvida (alunos, pais e os nossos superiores) é cada vez menor e menos sincero...

E depois de um dia desses de trabalho, de chegar em casa para fazer a comida e só poder sentar para descansar às 21h, eu tenho que ver um anúncio de televisão pedindo para eu fazer alguma coisa para o meu time para os jogadores se sentirem motivados e darem o seu melhor?????!!!!!!!!

Quero saber o que fazem para EU me motivar!!! Esses jogadores ganham milhões!! E eu não estou desprezando ninguém e nem dizendo que o trabalho deles seja fácil!! Eu não conseguiria correr por tanto tempo atrás de uma bola!! O meu negócio é dar aula, é ensinar, é transformar os jovens de hoje em pessoas críticas que possam fazer um Brasil melhor no futuro. O meu trabalho também é entreter, é contar histórias para aliviar as pessoas da rotina do dia-a-dia, é expor situações que possam ajudar alguém que esteja passando pelo mesmo problema que a personagem do livro. E o que me motiva nisso tudo é o AMOR!!!! Amor pelo o que eu faço!!!! Amor por saber que estou fazendo a diferença na vida de algumas pessoas!! E eu nem ganho muito para fazer isso!!!!!!!!!!!!

E EU preciso mesmo fazer alguma coisa para um jogador que ganha milhões se sentir motivado??!!!! Gente, se ele não se motiva por AMOR (que nem nós, comuns trabalhadores, que não merecemos ou precisamos de motivação alguma), que pelo menos eles se sintam motivados para ganhar um pouco mais de dinheiro!!!

Essa é a minha opinião.

sábado, 5 de abril de 2014

Entrevista para o Jornal A Tribuna

Boa noite!! Como tenho dito, andei um pouco ocupada resolvendo os preparativos finais para o casamento e, depois, me acostumando com a vida de casada, então só hoje consegui postar uma reportagem que eu dei para um grande jornal do Espírito Santo, A Tribuna! É muito feliz que compartilho com todos vocês a primeira entrevista que dei!! =)  Também aproveito para agradecer, mais uma vez, ao Jornal A Tribuna por ter escolhido o meu livro para fazer uma reportagem! Espero que gostem!! Beijos!


quinta-feira, 3 de abril de 2014

Dica para evitar uma possível decepção

Todos nós sofremos várias decepções ao longo da vida, e elas podem ser de vários tipos e vindas de qualquer pessoa. Só que tem uma decepção que deveria ser muito fácil de ser evitada, mas, preste atenção, eu coloquei que "DEVERIA ser muito fácil de ser evitada"!! Estou enfatizando o DEVERIA porque a maioria das pessoas têm total noção de que não DEVEM esperar NADA dos outros, mas ainda assim esperam!!

Sofrer uma decepção é muito ruim, então acredito que está na hora de aprendermos e de fazermos valer o nosso aprendizado: não devemos esperar que os outros nos tratem como os tratamos, ou que eles nos tratem como merecemos, ou até que eles nos tratem como DEVERIAM.

Quando fizermos o bem para alguém, que façamos por saber que é o certo; quando ajudarmos alguém, que façamos por sermos gentis e amigos; quando acolhermos alguém, que façamos por saber que devemos tratar os outros como gostaríamos de ser tratados.

Se formos esperar alguém nos fazer bem para depois retribuir, pode ser que a gente acabe se perdendo no caminho errado. Se formos esperar ajuda, podemos acabar sofrendo muito mais (pois não teve ninguém que nos ajudasse e também não tentamos sozinhos resolver a situação). Se formos esperar que as pessoas nos tratem como elas devem e como merecemos, vamos nos decepcionar tanto, que, depois de algum tempo, isso vai acabar refletindo nas nossas relações.

Eu sei que, as vezes, não esperar nada em troca é muito difícil! Principalmente quando temos nossos valores bem definidos, esperamos que todos ajam com pelo menos esse princípio. Mas, está na hora de entender que, infelizmente, nem todos têm os mesmos princípios, então se torna muito complicado esperar ações parecidas vindas dessas pessoas.

Espero que essa dica possa ajudar muita gente!!
Beijos!

sexta-feira, 28 de março de 2014

Um desabafo

Quem não conhece aquela músiquinha: "Um elefante incomoda muita gente, dois elefantes incomodam muito mais!"?

Então, fiz uma reflexão rápida hoje e cheguei a conclusão de qual é o elefante que incomoda a minha vida e quais são os dois elefantes que incomodam muito mais...

O elefante é aquela pessoa que não tem responsabilidade alguma sobre vários aspectos de sua vida e age como se agisse certo em tudo, como se não precisasse ter vergonha de ser quem realmente é!

Os dois elefantes são aquelas pessoas que se acham superior, seja por se acharem demais, por estarem acima de nós na hierarquia do trabalho ou por terem uma condição de vida melhor.

É claro que tem muita coisa por aí que também me deixa irritada, e, talvez, se eu fizesse esse balanceamento um outro dia da minha vida, talvez tivesse algum outro fator que ficaria em 1º ou 2º lugar! Mas, como fiz hoje, posso dizer que esses dois tipos de pessoas (que infelizmente estão em grande quantidade no mundo) são completamente irritantes, sem noção e centrífugos (isso mesmo, são pessoas que afastam qualquer um que esteja perto para bem longe!! Com exceção dos puxa-sacos que não têm capacidade de ter personalidade própria!)

Enfim, espero que esses elefantes sumam bem rápido da vida de todos nós, pois não merecemos ter que conviver com a tromba grande e chata deles no nosso caminho. E, também espero (mesmo sabendo que isso é praticamente impossível), que eles tomem um choque de consciência e comecem a agir como seres humanos normais!

Beijos!

quarta-feira, 26 de março de 2014

Ainda há esperança

Sei que sumi de novo... Desculpa, de verdade!

Achei que depois das primeiras semanas eu já estaria craque na vida de casada, mas agora estou vendo que demora um pouquinho mais para entrarmos no ritmo de cuidar de uma casa inteira!!!

Agora mesmo eu não deveria estar aqui, mas estava morrendo de saudade de escrever para os meus leitores e precisava contar o que me aconteceu hoje! Espero que todos deem uma chance para esse meu texto, o leiam até o final e, caso concordem, que compartilhem para que mais pessoas fiquem sabendo do acontecido.

Já mencionei aqui antes que, além de escritora, também sou professora de Português- Inglês. Atualmente só tenho dado aulas de inglês e um dos colégios onde trabalho é municipal. Há tempos (e olha que eu não tenho tanto tempo assim de formada e nem de empossada) eu vinha me sentindo cada vez mais desestimulada com a minha profissão. Eu sempre sonhei em ser professora para fazer a diferença, para acrescentar coisas boas nas vidas dos meus alunos, para lhes trazer felicidade e esperança, para me sentir útil nas várias horas que fico fora de casa trabalhando.

Só que não era bem isso o que acontecia... Muito pelo contrário. A educação, infelizmente, já vem decadente há anos, e cada vez isso tem acontecido de forma mais rápida. Dessa forma, eu ia para o trabalho para me desgastar. Os alunos eram completamente desinteressados e quase nada do que eu fazia ou propunha chamava a atenção deles ou os acalmava. Eu já não tinha mais esperanças  de que eu realmente conseguiria fazer a diferença na vida daquelas crianças e pré-adolescentes para quem eu dava aula. O meu sentimento era de profunda tristeza, e não digo isso porque estou me abrindo na internet, mas porque eu realmente me sentia assim. Quando eu voltava de um dia de trabalho, eu estava sem voz, com a garganta doendo, extremamente esgotada e cansada e, ao parar a noite para refletir o que eu tinha feito do meu dia, a resposta era: "Nada!". Quem é professor vai me entender bem e vai saber que eu não estou exagerando. A realidade nem sempre é o que gostaríamos que fosse, e temos que aprender a lidar com isso. Só que EU não podia aceitar uma situação dessas. Algo deveria ser feito. Eu não poderia abrir mão do meu sonho por causa dessas imensas dificuldades. E eu nunca abri mão. Sempre continuei acreditando que um dia eu teria uma turma perfeita!! E, na minha opinião, uma turma perfeita é aquela que presta atenção quando você está explicando, que faz bagunça (que criança que não faz?!) mas que para quando você pede, que respeita o professor e os colegas e que estuda e tira notas boas nas provas. Essa era a minha turma dos sonhos e eu tinha certeza de que pelo menos 1 turma assim eu teria que ter... não era possível que a educação estivesse tão decadente  a esse ponto...

E hoje, COM MUITO ORGULHO, ADMIRAÇÃO, FELICIDADE E EMOÇÃO, faço questão de dizer que tenho 6 turmas perfeitas!!!!!! (Isso aí, 1 ponto de exclamação para cada uma delas!) Desde o início já sabia que essas turmas que eu ganhei de presente dariam ótimos frutos e hoje eu apliquei uma prova compatível com a matéria que foi dada (infelizmente tivemos pouquíssimo tempo para poder dar um pouco mais de matéria e ter mais conteúdo) e, apesar de todos os obstáculos que apareceram para que algumas turmas não conseguissem ter bons desempenhos, TODAS AS 6 TURMAS FORAM ÓTIMAS!!

O meu orgulho maior é saber que, finalmente, depois de tanto tempo, eu consegui chegar em casa depois de um dia de trabalho tendo a sensação de dever cumprido, de sonho realizado, de utilidade na vida de cada um desses alunos! O mérito das boas notas foram de ambos! Fico feliz por ter conseguido passar a matéria de forma clara e de forma que eles entendessem bem e fico feliz por eles terem conseguido tirar ótimas notas, como resultado do estudo e do esforça em prestar atenção nas aulas.

Para ser mais exata, só vou ficar 100% feliz quando entregar a nota para cada um deles. Quero ver e compartilhar a felicidade da conquista por tirar uma ótima nota em uma prova de Língua Inglesa. E não vejo a hora de poder dar mais matérias para eles e fazer muito mais coisas... Agora é a hora de colocar cada vez mais gás nos estudos deles, pois, é necessário o estímulo e a vontade dos alunos para que o professor possa dar tudo de si e muito mais... sejam projetos, atividades extras, trabalhos diferentes...

Espero que entendam tudo o que eu senti e o porquê da necessidade de escrever sobre isso!
Muito obrigada a todos os que leram até o final! Não tinha como escrever menos!

Dessa vez vou tentar não demorar muito a voltar, ok?!
Beijos!

quinta-feira, 6 de março de 2014

Retorno! Sumi por um bom motivo!

Desculpem pelo sumiço!!!!

Sei que fiquei sumida por muito tempo, mas foi por uma boa causa: eu casei!!

Finalmente mais um sonho se tornou realidade em minha vida! Depois deter lançado um livro no ano passado, esse ano eu me casei com o homem por quem sou completamente apaixonada e com quem quero dividir todos os dias da minha vida! Até mesmo aqueles dias em que um não aguentar ver o outro... O amor nos fará superar qualquer obstáculo. Da mesma forma que já resolvemos vários dilemas e que já selecionamos quem são as pessoas que realmente merecem continuar ao nosso lado, vamos continuar nossa vida  e nossas escolhas baseada na opinião do que é melhor para ambos. Se casamos, e se estamos usando 2 alianças iguais, devemos continuar a nos entender, a nos esforçar, a nos amar, a nos compreender, a nos levar em conta antes de avaliar uma situação, enfim, a nos respeitar acima de tudo!

Por isso peço desculpas mais uma vez por ter sumido daqui! Mas eu precisava dr conta dos preparativos finais do casamento e depois foi o nosso momento! A nossa Lua de Mel!! Podemos ter quantas Luas de Mel nós quisermos durante todos os anos que ficarmos juntos... mas a 1ª é única e só poderíamos curtir na época dela! Então espero que me desculpem pela ausência e que voltem a ficar ligados no blog, na página do facebook e no meu perfil do facebook também (já disse que quem quiser fazer amizade e falar sobre meus textos é só me add lá!) !!

Dessa vez não ficarei mais ausente por tanto tempo... e, caso a gente faça mais alguma Lua de Mel, eu aviso antes o tempo que ficarei afastada, ok?!

Beijos!

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Mais uma crítica sobre o meu livro!!!

Pessoal, nesse link tem mais uma crítica que uma leitora fez sobre o meu livro!! Espero que se sintam estimulados a ler!!

http://www.skoob.com.br/estante/livro/38128442

Beijos!

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Férias!

Ai ai! As férias mal acabaram de ir embora e já estou com saudade delas!! Férias, volta looooooogo!!!!!!

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Continuar é melhor do que parar

Achei uma forma muito interessante de sempre mentalizar que é mais fácil continuar lutando pelo que queremos do que desistir no meio do caminho: é só lembrar de todo esforço físico.

Quando não estamos acostumados a caminhar por longas distâncias e aparece alguma situação na nossa vida em que temos que andar bastante, a gente anda sem nem reparar o quanto estamos andando. Quando paramos é que nós pensamos "Nossa! Quanto eu andei!". Só que no dia seguinte acordamos com as pernas doloridas DEMAIS! Mal aguentamos andar... andar direito, então, é praticamente impossível!

Só que se nós aproveitarmos essa dor e andarmos um pouquinho todos os dias, a dor que começou vai passar e nós vamos ter continuado a fazer algo muito importante para a nossa saúde, que é a caminhada diária. Mas se nós "desistirmos" e, nos dias seguintes, não caminhar por não ser preciso, em uma próxima vez que tenhamos que nadar muito, iremos sentir a mesma dor...

Pensando assim, será que não é realmente melhor continuar tentando do que simplesmente parar no meio do esforço?

Aguardo seus comentários!
Beijos!

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Estresse a toa...

O calor está com tudo e muita gente está reclamando...
Quando chover, se for forte que nem dá última vez, o pessoal vai reclamar que destruiu um monte de coisa...
É verão... tá quente, sim! E no verão a chuva é de arrasar mesmo!

Por que o pessoal, mesmo sabendo disso, ainda fica reclamando de todas as condições climáticas do tempo?!

Gente, a vida hoje em dia é tão estressante que não podemos nos incomodar com situações que fogem do nosso controle!! Tá com calor? Tenta se refrescar, ir para o ar condicionado, comprar um ventilador portátil... Tá chovendo muito? Tenta não sair de casa, se estiver na rua procura um abrigo seguro e "curta" o fresquinho que tanto as pessoas estavam pedindo! Se você se estressar a condição climática vai me mudar? Mas se você se divertir ou se distrair, você, com certeza, terá 1 incômodo a menos na cabeça!

Pensem nisso!

Beijos!

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Pensamento do dia

Já parou para pensar quantas vezes ficamos reclamando que o dia não está sendo bom, mas a gente não deixa a preguiça de lado para melhorar o dia? Será que é o dia mesmo que está ruim ou será que é a gente?!

Já pensaram ou fizeram isso?
Beijos!

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Escolha de profissão

Nessa reta final das férias andei pensando que desde criança nos perguntam o que queremos ser quando crescer.
Quando somos pequenos, essa parece ser uma pergunta bem fácil. Na maioria das vezes temos uma resposta logo de cara. Parece que é só escolher um nome e, simplesmente, dizer.
Quando crescemos percebemos que é bem difícil tomar essa decisão. Não é apenas uma questão de escolha. É o nosso futuro. É o que faremos ao longo da maior parte da nossa vida! Como podemos tomar essa decisão quando, na maioria das vezes, ainda nem somos maior de idade?! Como podem cobrar isso da gente?!
Quando finalmente fazemos nossa escolha e nos formamos, nós entramos no mercado de trabalho e vemos que praticamente nada é como imaginávamos!
Sonhamos o tempo todo querendo fazer várias coisas, dizendo que tomaríamos diversas atitudes, que não aceitaríamos certas situações, que tínhamos certeza de que seríamos felizes com a decisão que tomamos, e tantas outras coisas, que, quando se tornam realidade, nós nos damos conta de que nada vai ser como esperávamos que fosse.

Nessa hora temos que tomar uma decisão: ou continuamos firmes fazendo aquilo que escolhemos ou mudamos para algo que seja melhor ou mais fácil. A grande questão é saber o que vale mais a pena: seguirmos nossa vocação e nos "arrependermos" várias vezes por estarmos seguindo um caminho tão difícil, ou deixar o que sabemos fazer de verdade de lado e seguir por um caminho bem mais fácil e de retorno muito maior, que, com certeza, facilitará demais a nossa vida, mas que nunca será exatamente o que deveríamos ser!

Alguém aí já tomou essa decisão?!
Beijos!

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Dia do leitor!

Vamos aproveitar o dia do leitor!! Minha indicação é: Confusões e Indecisões de uma Adolescente! Autora: Caroline Rocha. Editora Matrix



quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

2014 chegou!

Mais uma vez o ciclo se repetiu: agora o ano de 2013 foi embora e o ano de 2014 para todos!

A vida se encontra nesse ciclo de vai volta. Assim como são as ondas do mar, uma onda vem vindo ao longe até chegar na areia, e depois ela volta, se misturando com a outra onda que já está vindo para alcançar a areia.

Muita gente gosta de radicalizar na virada do ano. Acreditam que, por ser um Ano Novo, mudarão as suas vidas totalmente. E isso pode ser verdade. Para ser mais exata, nós temos o controle das nossas vidas, então nós podemos mudá-la quando quisermos, nem precisamos esperar chegar o Ano Novo! O único detalhe que não está muito certo é acharem que nada do passado se refletirá no seu futuro.

Assim como as ondas do mar que se misturam quando a que veio já está voltando e a outra ainda está chegando, o nosso passado, presente e futuro se misturam. Somos o que somos por TUDO o que já aconteceu em nossas vidas. E isso é muito importante para levarmos em consideração na hora de decidirmos trilhar caminhos ou modos de agir diferentes do ano anterior.

Desejo a todos nós que em 2014 nós tenhamos poder e força de controlar as nossas vidas de acordo com os nossos princípios! Da mesma forma que podemos procurar a parte sem correnteza do mar para nos banharmos sem perigo, ou agitar a água quando ela está em um marasmo infinito, nós temos o controle de mudar as nossas vidas. Por mais que turbulências estejam acontecendo, nós temos a possibilidade de pensar com calma e achar um jeito de resolver essa situação, seja acabando com a correnteza, seja entrando no mar por um outro lugar. Por mais que nossa vida esteja no mesmo caminho há muito tempo e isso esteja desestimulando a nossa vontade de  viver o melhor da vida, podemos causar uma mudança e agitá-la no ritmo que quisermos. No fim, tudo só depende de nós!

Feliz 2014 e continuem sempre de olho aqui! Aguardo a participação de todos neste novo ano!

Beijos!