domingo, 8 de setembro de 2013

Valorizar as coisas.

Já perceberam como na maioria das vezes valorizamos mais aquelas coisas que deveriam ser ignoradas e ignoramos as que deveríamos valorizar?

Qual será o motivo de fazermos isso?

Acredito que, no fundo, a gente saiba o que devemos dar valor e que não devemos nem ligar. Podemos até não admitir ou podemos saber que é difícil deixar um problema pra lá, mas, no fundo, a gente sabe que coisas são essas. E ainda assim a gente dá muito mais valor do que elas merecem!

Deixamos de lado as coisas boas. Os momentos felizes. Os pequenos detalhes que nos fizeram sorrir. As pessoas queridas que estão sempre ao nosso lado, prontas pra ajudar. O nosso lado bom da vida.

Perdemos o nosso tempo remoendo situações passadas. Não paramos de pensar em pessoas que nos fizeram mal e que, para nós, era melhor que estivessem longe, até mesmo em pensamento. Nos prendemos muito a um pequeno detalhe que saiu errado e que, no final das contas, nem vai causar um problema tão grande, mas só pelo fato de não ter saído como esperávamos, passamos o pouco tempo que temos reclamando e perguntando porque não podia ter dado certo.

Já reclamamos tanto de não termos tempo suficiente para descansar, ver tv, ouvir música, ficar com a família e amigos, fazer o que gostamos... Então, por que pensar no que deu errado?! Por que pensar nas pessoas que devemos esquecer?! Por que pensar nos problemas quando não vamos poder solucioná-los naquele momento?! Por que reclamar da vida o tempo todo, esquecendo o que acontece de bom com a gente?!
Por quê?!
Por quê?!!
Por quê?!!!

É engraçado... São vários "porquês" e todo mundo já se perguntou pelo menos um deles alguma vez na vida! E mesmo assim, muito provavelmente, ainda continuamos fazendo.... Eu pelo menos ainda cometo muitos desses erros ao longo do dia, e, quando chega ao final, eu me faço as perguntas com cada um dos "porquês"! E mesmo dizendo que vou mudar e que no dia seguinte vai ser diferente, eu repito um deles, ou faço um novo, mas não importa, de qualquer forma eu faço o que prometi que não faria. E prometo mais uma vez. E no dia seguinte, cometo o mesmo erro mais uma vez!

Será que seremos assim eternamente?! Será que, mesmo tendo a noção do quanto o tempo é importante e nos faz falta, nós vamos continuar perdendo o nosso tempo com coisas pequenas, bobas, irrelevantes?!?!

A maior questão de todas foge do "porque". "Por que" é pergunta de criança. Qualquer um pergunta a qualquer hora. Vários "porquês" que perguntamos são irrelevantes! A resposta que vamos ter não vai nos ajudar em nada. Mas, o que vai formar a grande pergunta aqui é: QUANDO? Quando vamos mudar definitivamente as nossas atitudes para podermos viver plenamente o tempo que temos para ser gasto com o que nos faz feliz e com o que faz a vida valer realmente a pena!?!

Quando?
...

Aguardo seus comentários!! E se alguém tiver a resposta pra alguma dessas perguntas também... Vamos conversar! ;)
Beijos